Início » Todos » MTB competitivo: Como avaliar e melhorar o seu desempenho.

PARCEIRO/CONTEÚDO EXCLUSIVO

Banner Premium para Anunciantes/Ocasiões Especiais

Banner premium destinado a anunciantes/ocasiões especiais.

Recomendável utilizar formato simples e responsivo.

Posicionado em todas as páginas do site.

0 comentário(s)

8 de maio de 2018

Segredos do Mountain Bike

MTB competitivo: Como avaliar e melhorar seu desempenho.
Além de saber “andar de bike” é claro, conhecer as características do MTB Cross-Country (MTBcc) é fundamental para se obter sucesso em cima da sua “magrela”, principalmente aqueles com o foco em competições. Sob aspectos fisiológicos, o MTBcc é uma modalidade intermitente e de alta intensidade com demandadas energéticas aeróbia e anaeróbia (INOUE et al., 2012), utilizando aproximadamente 90% da frequência cardíaca (FC) máxima (IMPELLIZZERI et al., 2002). Através da medida de potência, foi possível verificar a característica altamente intermitente nas provas, com variações de 0 (Descidas) a 500 watts (subidas curtas).

Como posso avaliar o meu desempenho e saber se estou no caminho certo ?

Através de alguns testes físicos tal como: teste incremental, usado para avaliar a sua potência e capacidade aeróbia máxima, e teste de Wingate, utilizado para avaliar sua potência e capacidade anaeróbia máxima. É a partir desses valores, que os treinadores vão identificar os seus pontos fortes e fracos, direcionando corretamente os métodos de treinamento mais adequados para maximizar o seu desempenho. Além disso, a massa corporal total pode interferir no seu desempenho em uma prova de MTB, pois as variáveis fisiológicas normalizadas à massa corporal (Variável fisiológica / massa corporal total) apresentam valores mais altos de associação com o desempenho na prova de MTB do que as absolutas (IMPELLIZZERI et al. 2017). Isto é, em competições de um dia. Já em provas de vários dias consecutivos (Cape Epic), a massa corporal parece ser menos importante (ENGELBRECHT; TERBLANCHE, 2017), mas esses resultados precisam ser interpretados com cautela. Portanto, o programa de treinamento deve ser planejado e organizado a partir dos resultados de sua avaliação física, e direcionado a desenvolver ambos os sistemas de produção de energia (anaeróbio e aeróbio).

Tenha cuidado

O treinamento esportivo é uma mescla de várias ciências (fisiologia, biomecânica, sociologia, psicologia, etc.). Portanto, basear seu treinamento em apenas um fator não é suficiente para melhorar a sua performance. Não entendeu ou não tem equipamentos para realizar os testes? Então procure um Profissional de Educação Física, pois ele tem conhecimento suficiente para medir, avaliar, planejar e prescrever o seu treinamento. Se você gostou, compartilhe com seu parceiro biker que vai curtir nossas dicas também.

Por: Rhaí André

 

Insira o seu endereço de email abaixo para receber conteúdo GRATUITO e EXCLUSIVO do nosso blog!

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Publicações
Redes Sociais
Categorias

CHRISTIAN DRUMOND

Cardiologista, Pós graduado em Medicina do Esporte, Coach, Ciclista “Old School”, Apaixonado por MTB, e Fundador do Segredos do Mountain Bike.

ads-300x600-hugoprado

Segredos do Mountain Bike · 2019 © Todos os direitos reservados