Segunda, 2 de Agosto, 2021

0 comentário(s)

16/05/2018

Christian

Sabemos que na área da saúde podemos encontrar inúmeros recursos para ajudar na recuperação de um atleta de MTB, seja para preparação, recuperação ou tratamentos de lesões.
A liberação Miofascial é uma técnica que ajuda na preparação do movimento e tratamento de dores, lesões. Este procedimento possibilita uma melhor circulação sanguínea, estimulando os músculos e eliminando os pontos-gatilho ou espasmos musculares.
Quando seu corpo passa uma um certo tempo em determinada posição, sua fáscia se àdapta a aquela postura e cria pequenos pontos-gatilho, fazendo você sentir dores e desconfortos.
A técnica pode ser feita de forma manual, por meio da manipulação dos tecidos com diferentes direções de deslizamento, apoios e pressões, com ou sem equipamentos, de acordo com as necessidades do paciente.

Por que atletas de MTB devem realizar liberação miofascial ?

Todos os tipos de movimentos repetitivos podem causar lesões na fáscia. A liberação miofascial resgata a mobilidade e preparara o corpo para um novo treino e ainda ajuda-o a se recuperar do treinamento realizado.
Dentre vários benefícios que a prática dessa atividade pode trazer, posso citar:

  • O aumento da mobilidade das principais articulações;
  • A melhora na performance do atleta;
  • O aumento da flexibilidade dos tecidos musculares e fasciais;
  • O relaxamento muscular;
  • A prevenção de lesões;
  • O alivio das dores.

Preciso de um profissional para realizar este procedimento?

Sim, pois seu corpo está acostumado e não quer sentir dor, então fazer sozinho pode não dar o mesmo resultado, você não achará o ponto-gatilho ou ao menos não tratará todos necessários.
O profissional da área fará uma análise do seu corpo, e saberá os principais pontos que podem estar lesionados e os que mais precisam ser “tratados” de acordo com sua prática e carga de atividade física.
Assim fará uma ficha de atividades que precisam ser realizadas para você prevenir e ainda tratar as lesões ocasionadas pelo fluxo do treinamento.

Quando é necessário realizar a liberação Miofascial?

A liberação miofascial pode ser realizada antes ou após as atividades físicas, mas a sua prática fora deste contexto ajuda na recuperação e prevenção de lesões, ou seja, você pode realizar 2 ou 3 sessões semanais que estará pronto(a) para a carga de treino com excelente rendimento.
A atividade pode ser feita de forma manual, por meio da manipulação dos tecidos com diferentes direções de deslizamento, apoios e pressões, com ou sem equipamentos, de acordo com as necessidades do paciente
Em geral, a técnica pode ser realizada sem grandes restrições. Porém, quem estiver nos grupos abaixo deve evitá-lo:

  • Problemas circulatórios ou inchaço;
  • Hipersensibilidade à dor;
  • Lesões musculares ou ósseas diagnosticadas;
  • Uso de medicamentos anticoagulantes;
  • Regiões do corpo com feridas ou hematomas;
  • Mulheres no primeiro trimestre da gravidez.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com seus amigos e inscreva-se em nossa lista de e-mail.

Por: Magno Henrique

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Insira o seu endereço de email abaixo para receber conteúdo GRATUITO e EXCLUSIVO do nosso blog!

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Redes Sociais
Categorias

CHRISTIAN DRUMOND

Cardiologista, Pós graduado em Medicina do Esporte, Coach, Ciclista “Old School”, Apaixonado por MTB, e Fundador do Segredos do Mountain Bike.

Segredos do Mountain Bike · 2021 © Todos os direitos reservados

Insira o seu endereço de email abaixo para receber conteúdo GRATUITO e EXCLUSIVO do nosso blog!

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!