Treinar ou descansar antes da competição?

É muito comum as pessoas acharem que treinar dias antes da prova poderá prejudicar seu desempenho durante a competição.

O que devemos fazer?

Treinar! Entretanto, com o cuidado de não se prejudicar.

Uma estratégia com o objetivo de otimizar o seu desempenho no dia da competição é a redução da carga de treinamento, dias antes da prova, sem a ocorrência de destreinamento (perda das adaptações psicofisiológicas obtidas através do treinamento). Essa estratégia é conhecida como Tapering (polimento) e mostrou melhoras significativas em corredores, nadadores e também em ciclistas. Basicamente, sua ideia principal é reduzir o estresse psicofisiológico (MUJIKA et al., 2004).

Alguns dos possíveis mecanismos são a indução de hipervolemia e melhora da produção de células vermelhas (MUJIKA et al., 2000), aumento da atividade enzimática oxidativa, podendo contribuir para um aumento da extração de oxigênio (NEARY; MARTIN; QUINNEY, 2003), e geralmente, o aumento do consumo máximo de oxigênio (Vo2Máx). Além disso, o taper induziu um aumento de 13% a 34% de glicogênio muscular, o que sem dúvidas, poderia contribuir para a melhora do desempenho aeróbio de alta intensidade (NEARY; MARTIN; QUINNEY, 2003).

Como faço o polimento?

BOSQUET et al. (2007), mostraram que uma “dose” ideal para maximizar os ganhos no desempenho é uma redução da carga entre 41% a 60% (de forma progressiva) sem alterar a intensidade e a frequência do treinamento. Esse processo deve durar por volta de 2 semanas. Entretanto, parece que uma boa diminuição da carga em ciclistas está em torno de 21% a 60%.

RESUMINDO: Para realizar o tapering, você precisa reduzir a duração da sessão de treinamento sem alterar a intensidade e a frequência. Portanto, evite ficar naquele treino curto e preguiçoso na semana que antecede a sua prova de #Mountainbike. Contudo, lembre-se que cada indivíduo corresponde de maneira diferente a um certo estímulo. Desta maneira, procure testar sempre suas estratégias antes da competição principal.

Bom pedal!

Se gostou, compartilhe esse artigo com seus amigos!

Por: Rhaí André