Dicas Gerais

Cãibras: 4 principais causas e formas de evitá-las

Cãibras: 4 principais causas e formas de evitá-las

Cãibras são espasmos ou contrações involuntárias dos músculos. Normalmente são muito dolorosas e causam desconfortos. Essa contração pode durar alguns segundos ou até minutos. A maioria dos atletas de MTB reclamam de cãibras, e estas normalmente atingem um ou mais músculos de uma vez, sendo mais comuns nos músculos da perna ou dos pés. É muito importante que você entenda que, mesmo fazendo tudo que for explicado aqui, você ainda pode ter cãibras. Quatro principais causas das cãibras O que mais afeta a incidência de Continue lendo

Provas em ambientes diferentes? Saiba como não prejudicar seu desempenho.

Provas em ambientes diferentes? Saiba como não prejudicar seu desempenho.

A termorregulação é uma rede de comunicação com sensores e órgãos efetores, destinada a regular a temperatura do corpo. Nós seres humanos somos homeotérmicos (busca manter a temperatura constante). Sendo assim, perturbações significativas na temperatura corporal evocam respostas corretivas no sistema para restaurar a normalidade (TIPTON et al., 2008). Através de um equilíbrio entre fatores que acrescentam e subtraem calor corporal, nosso organismo mantém uma temperatura equilibrada de 37º C com oscilações de +/-1 º C. Caso os mecanismos termorreguladores falhem com a exposição prolongada Continue lendo

Importância do movimento do músculo dos glúteos em ciclistas

Importância do movimento do músculo dos glúteos em ciclistas

Quando pensamos em movimento dinâmico, muitas vezes, esquecemos que a origem da movimentação de músculos posteriores e estabilização da coxa acontecem devido à contração do músculo do glúteo. Sabe-se que o glúteo é o grande responsável pela ativação correta dos isquiotibiais na fase de “puxada” da pedalada, movimentação onde ocorre a extensão de joelhos. Muitas vezes, essa fase é exercida somente pela força de quadríceps nas fases de chute e propulsão para que o joelho faça a extensão e em seguida a puxada. Pensando somente na Continue lendo

Qual o melhor posicionamento na MTB?

Qual o melhor posicionamento na MTB?

As dores em punho, ombro, cotovelo, quadril e joelho é um dos maiores desafios que os ciclistas recreacionais e profissionais enfrentam para buscar um melhor conforto e desempenho. Você provavelmente algum dia já se perguntou se está com o posicionamento correto sobre a bike! O grande vilão das nossas articulações. A bicicleta é o veículo que mais está sendo aderido pelas pessoas, seja na locomoção ou no lazer. Portanto, o MTB vem sendo relatado como o novo golfe entre os esportes de elites. Isso nos Continue lendo

Os primeiros acessórios para o MTB

Os primeiros acessórios para o MTB

Quando se trata de alguns acessórios para ciclista de MTB é muito importante focar na qualidade do que investir na quantidade. Não adianta nada você ter uma bermuda para cada pedal da semana, se todas essas bermudas são de qualidade inferior, te machucam e incomodam. Quais acessórios de qualidade eu devo ter ? O primeiro grupo de acessórios que você precisa ter em mente que são fundamentais para que consiga pedalar de forma progressiva e mais consistente, são aqueles que põem você em contato com Continue lendo

Comprando a sua primeira bike

Comprando a sua primeira bike

O atleta que pretende iniciar no esporte deve se atentar a alguns pontos a antes de realizar a compra de sua primeira bike. O primeiro deles é entender qual é o seu objetivo no esporte. É muito importante você saber que seu equipamento deve ser ajustado ao seu tamanho e não você se ajustar ao tamanho da bike. Como saber o tamanho ideal da minha bike? Sim, existem tabelas e informações específicas a respeito do tamanho de bike ideal, de forma geral, quem tem 1,70 Continue lendo

Treinar ou descansar antes da competição?

Treinar ou descansar antes da competição?

É muito comum as pessoas acharem que treinar dias antes da prova poderá prejudicar seu desempenho durante a competição. O que devemos fazer? Treinar! Entretanto, com o cuidado de não se prejudicar. Uma estratégia com o objetivo de otimizar o seu desempenho no dia da competição é a redução da carga de treinamento, dias antes da prova, sem a ocorrência de destreinamento (perda das adaptações psicofisiológicas obtidas através do treinamento). Essa estratégia é conhecida como Tapering (polimento) e mostrou melhoras significativas em corredores, nadadores e Continue lendo

Como a consciência corporal e o equilíbrio podem melhorar seus treinos

Como a consciência corporal e o equilíbrio podem melhorar seus treinos

Você sabe a diferença entre consciência corporal e equilíbrio? Ambos são capacidades corporais assim como força e resistência. Elas estão diretamente ligadas na percepção temporal e espacial, ou seja, informações que, quando vivenciadas através de seus corpos, são guardadas como meio onde os sistemas nervoso e muscular identificarão ações a serem executadas da melhor maneira pois irão guardar padrões de movimentação e sensação através de mecanismos externos e internos. Quando pedalamos, o que guardamos são sensações de equilíbrio tais como perda, recuperação e manutenção para Continue lendo

Alongar ou não antes do treino de MTB?

Alongar ou não antes do treino de MTB?

Constantemente somos encorajados a realizar uma série de exercícios de alongamento antes do nosso treinamento ou competição de ciclismo como parte do aquecimento. Porém, muito das vezes não questionamos o porquê e para que estamos executando aqueles movimentos. Para responder essas perguntas, vamos relembrar rapidamente o que é alongamento, sua diferença para flexibilidade, e quais são seus tipos. Basicamente, o alongamento é um método para melhorar a flexibilidade, e a flexibilidade nada mais é, que uma capacidade física. Mas então se eu alongar vou melhorar Continue lendo

Tempo de recuperação de um atleta master

Tempo de recuperação de um atleta master

Diversos estudos já comprovaram que os benefícios do treinamento ocorrem no período de recuperação ou descanso. Onde o organismo reage aos estímulos com uma melhora no nível de condicionamento e por isso não deve ser negligenciado pelos atletas, sobretudo, se você já passou dos 30 anos. O tempo necessário para recuperação varia de acordo com a sobrecarga de trabalho que você foi submetido, podendo recuperar-se em 24, 48 ou até 72 horas. Fatores genéticos também influenciam, é o princípio da individualidade biológica. Onde cada um Continue lendo