Início » MTB News » Black Friday: 7 dicas para apostar em itens seminovos

PARCEIRO/CONTEÚDO EXCLUSIVO

Banner Premium para Anunciantes/Ocasiões Especiais

Banner premium destinado a anunciantes/ocasiões especiais.

Recomendável utilizar formato simples e responsivo.

Posicionado em todas as páginas do site.

0 comentário(s)

19 de novembro de 2020

Karla Maria

Durabilidade e preço são fatores que devem ser levados em consideração na hora dessa escolha

Black Friday chegando e já dá logo aquela vontade de renovar uma bicicleta, comprar acessórios para treinar em casa e investir no uniforme de treino. Mas, antes de sair comprando por aí, vale entender se de fato investir em itens novos faz sentido para o que você está precisando. Para ajudar nessa decisão, Rafael Papa, fundador da Semexe , dá sete dicas para levar em consideração na hora dessa escolha.
 
Vamos a elas!
 
1. Preço: apesar dos descontos de Black Friday serem tentadores para itens novos, os achados de verdade ainda tendem a ser os seminovos. Um exemplo disso é o caso das bicicletas, que apresentam depreciação de quase 50% do valor original em cerca de quatro anos de uso. Comprando uma bike usada, você terá um excelente equipamento com duração por muitos anos.
 
2. Revenda: o produto usado te ajuda no momento da revenda. Um item novo, por exemplo, geralmente sofre uma depreciação pouco tempo após sair da loja, ao contrário do seminovo, que oferece uma possibilidade de passar o item para a frente por um valor mais próximo do que foi pago bolseiro, se estiver em boas condições .
 
3. Durabilidade: alguns produtos como a própria bicicleta ou uma transbike, por exemplo, são feitos para durar bastante tempo, chegando em alguns casos a ter garantia vitalícia. Itens com essa característica de duração acabam sendo os que realmente valem a pena na hora de olhar um usado.
 
4. Tecnologia: se você quer comprar um relógio para monitorar seu treino ou algum outro equipamento que dependa de um software que precisa ser atualizado de tempos em tempos, vale sempre checar quando o produto que você está de olho foi fabricado. Se ele for recente e compatível com as últimas atualizações do software, se joga e aproveita essa oferta.
 
5. Fortalecimento da rede: ao comprar um usado de outro ciclista, você incentiva sua própria rede. Isso é muito valioso e favorece com que a cena do ciclismo ganhe mais força no Brasil.
 
6. Avalie a procedência: Confira bem os detalhes do que está comprando, compare preços e tire suas dúvidas. Compras erradas só trazem frustração, impacto negativo para o meio ambiente e podem não ser de procedência idônea. Então, antes de passar o cartão, garanta que está comprando o que de fato você deseja e permite-se de escolher plataformas conceituadas e seguras para finalizar a sua compra.
 
7. Segurança na hora de comprar: gostou da ideia de comprar um usado? Então, só não caia numa cilada. Na hora de comprar, busque uma opção segura e que garanta que tanto quem compra, quanto quem vende vai ser feliz nessa transação. Na Semexe, por exemplo, há mais de 2.500 itens usados, e todas as compras de bicicletas são garantidas pelo programa Bike Segura .
 
Saiba mais:
Sob os conceitos de consumo inteligente e economia colaborativa, um Semexe facilita a compra e venda de produtos de ciclismo online. A empresa é um marketplace e garante a segurança na negociação entre seus clientes, por meio do Programa BSS (Bike Segura Semexe), uma metodologia pensada para gerenciar a jornada de compra e garantir qualidade e procedência dos produtos.
 
Além disso, uma plataforma conta com consultores especializados para sanar todas as dúvidas e dar dicas aos clientes, e gera experiências únicas aos usuários, por meio de serviços personalizados e conteúdos gratuitos disponíveis em seu blog.

Insira o seu endereço de email abaixo para receber conteúdo GRATUITO e EXCLUSIVO do nosso blog!

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Últimas Publicações
Redes Sociais
Categorias

CHRISTIAN DRUMOND

Cardiologista, Pós graduado em Medicina do Esporte, Coach, Ciclista “Old School”, Apaixonado por MTB, e Fundador do Segredos do Mountain Bike.

Segredos do Mountain Bike · 2020 © Todos os direitos reservados